Vestido de menina: segundo livro de Tatiana Filinto

Com quantos fios se faz uma história? A metáfora reflete os questionamentos da personagem de Vestido de menina, segundo livro de Tatiana Filinto. Ilustrado por Anna Cunha, o livro narra de forma poética, delicada e sensível o processo de construção da identidade das crianças e as dúvidas inerentes a este desenvolvimento. Durante o lançamento haverá sessão de autógrafos com a presença da autora e contação de história com Kiara Terra.

Segunda Tatiana, a ideia de escrever a obra surgiu com a seguinte pergunta: o que cada um de nós sabe sobre a trama que nos sustenta? “Foi na tentativa de ampliar essa questão que escrevi Vestido de menina. O movimento inerente ao desenvolvimento emocional das crianças, em que há constantes identificações e discriminações, tenta ser representado por meio de uma sensível metáfora, a da relação da menina com seu vestido”, destaca.

A linguagem poética, breve e metafórica de Tatiana Filinto retrata de forma peculiar e simbólica questões que todas as crianças se fazem em relação à sua própria história e à construção de sua identidade, construída por meio de repertórios de muitas outras histórias de seus antepassados, de seus familiares e de vivências pessoais. Retrata também de forma lúdica os conflitos gerados pela convivência e as dificuldades para se lidar com as diferenças no processo de crescimento e de interação com outras pessoas.

Para dar ainda mais poesia e beleza à história, coube à ilustradora Anna Cunha a criação do cenário que demonstra as mudanças da menina e de seu vestido por meio de traços delicados e de cores cativantes que compõem as ilustrações ricas em detalhes.

Facebook
Instagram